terça-feira, 11 de agosto de 2009

Sequência logística.

alienável:
passageiro de se tornar
alienígena.

alienista:
alienígenas que fazem
"bicos" de motorista.

aligator
alienistas que usam
um jacaré como disco-voador.


domingo, 9 de agosto de 2009

baladas

depois você me manda seus sonhos?
venha com seus lirismos oníricos,
seus onirismos,
suas licenças poéticas narradas à título de confusão, todas nuns novelos de gato enovelados, enevoados.
ah, embale-os pra enviar!
enquanto embalados,
estão na categoria dos doces
ou de balas de prata que quando tornadas ao coração dos lobisomens
lhes consomem a vida?
chegariam eles, seus sonhos, até mim como crianças que dormem ao som de uma canção
...embaladas?
por uma música feita com flauta de êmbulo...
sejam eles doces como as notas dela
nota alguma se propaga por tao longa distancia,
mas, mande embalados,
e me crie novos pacotes,
ao preço insignificante de nada custarem,
diferentes da balas que matam e que matam
os bardos barbudos flauteiam
enquanto aqueles alces sem chifres
soldados distantes de Morfeu
deixaram marcas de brincadeiras na grama
vi que os lobisomens tambem brincavam
mas se perderam porque os acertaram,
as balas dos seus sonhos medonhos,
as balas que não se manda assim de qualquer jeito
ou de modo algum,
eu reclamo
mas mande-os sim
sinto fome de suspiros,
mande os seus sonhos pra mim

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Entre-vistas da alma

Que Soul eu...
quem é você?
que torna os homens ao que são?
Não sãos
loucos eles todos?
tem menos da alma nos olhos
do que eu poderia desejar no mínimo
que neles houvesse.
Eu vou te contar sobre o Sol
quando ele se levantar
e entre vislumbres
perguntar como foi o seu dia
entre-vistas
de uma quentura gostosa no céu
e de um vento emanando gelado daquela estrela que apontou inda pouco,
enquanto me distraía no seu olhar.
Parece que emanava algum etéreo fluido
dele, foi quando eu soulbe
quando soul.

ciclo do pinhão

suas certezas esporádicas
as suas esporas
os seus esporos
ex-poros,
já que foram pele um dia
tornaram escamas
quando esporularam
nas ex-camas
onde nadam samambaias

crie e monte

o que sou eu?
soul alma
ressoa a alma
assim soa a alma
fluida
soul como o sol
suor que ressoa
que me acalma
soul alma
soul ama
sou alma
sua ama