quinta-feira, 29 de outubro de 2015

presença

A gente tem um incrível poder :  dividir a nossa alma em várias partes.
Sábios estamos quando percebemos que a alegria, enquanto um apreciar os momentos da vida, é uma questão de presença. Só se pode estar presente no presente.
Consigo enviar partes de mim para o futuro (expectativas)
Consigo enviar partes de mim para o passado (memória)
Consigo enviar partes de mim, ou o meu eu inteiro, para o sonho (tudo é incógnita)
Mesmo no agora, consigo enviar partes de mim para viver momentos que eu gostaria de ter (imaginação) 

Mas há algo no presente, no agora, que consegue captar todos os pedaços nos quais podemos nos dividir.
O presente é quem pega os pedaços e os une. 
Talvez o presente também seja capaz de juntar todos os pedaços que somos nós :  todas as coisas. 
Quando conseguimos sentir a presença de todos os seres no momento presente, tudo aquilo que é inexplicável, místico, mas que ao mesmo tempo se revela. Aí é o que acredito que seja o momento mais iluminado de nossas existências.  

* existe alguma coisa que não seja o presente ? nas minhas alucinações, induzidas ou não, eu sempre tenho a revelação de que o presente é o único momento que existe. não sei muito bem o que isso significa. não acho que faça sentido. mas não tô nem aí. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário