terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Natal

já estou há tempo demais nesse planeta
como é que pude constatar isso?
tantos natais
tantos carnavais

tudo pesa, porque tem muito de tudo
as gentes; os abraços; os beijos; os anos; os planos;
as estradas; os amores; os sorrisos; as saudades

mas não me cansa
ainda é tempo de vestir a esperança
e as pernas

pra quem quer correr demais nesse planeta
em uma dança - uma andança - humana dança
ainda é tempo de estar com os velhos amigos
ainda é tempo de visitar a Islândia
de onde pretendo ser levada

e se não for
amanhã chove
faz Sol, neva
faz-me rir!
vão me chorar
amanhã é tudo outra vez!

Nenhum comentário:

Postar um comentário